7

LEITORES 30 MINUTOS COM UM ESTRANHO

LEITORES 30 MINUTOS COM UM ESTRANHO

04/10/2016

Crônicas do Amor

Só eu sei o quanto eu amei...


Hoje, em plena madrugada, me veio a vontade de abrir o coração: falar da minha juventude, dos meus tão grandes sonhos, das minhas vitórias, dos obstáculos que enfrentei Durante todos estes anos e, maiormente, dos amores que vivi.
Apaixonei-me tão jovem... E foi tão lindo, tão intenso... Nosso namoro não proibido, mas escondido; nossos milhões d beijos trocados, compartilhados e tão desejados.
Aqueles pretos fios de cabelos, tão sedosos... Ah! Que saudades...! Como eu adorava penteá-los...
Nossos sonhos, nossos projetos, nossa vida futura um dia tão sonhada, um belo dia foi arruinada. De repente, conflitos de pensamentos, insegurança, talvez, não estivéssemos mesmo preparados.
E assim, você se foi para nunca mais voltar!
Nossas vidas novamente foram traçadas, porém, com destinos diferentes. Conheci outra pessoa e por ela me apaixonei. Tornamo-nos um belo casal apaixonado, eufóricos, ansiando um futuro próspero, repleto de sonhos e projetos.
Avançamos alguns degraus importantíssimos no quesito relacionamento, próximos ao topo. Ele vivia deslumbrado, e a cada dia mais “perdido” de amor por mim. No meio do caminho, em mim bateu aquela dúvida: seria realmente feliz ao seu lado?
Lamentavelmente, precisei refletir a fim de definir todo aquele sentimento de incerteza. Foi tenso, muito tenso! Contudo, necessário.
Ainda não era tão tarde para desistir! Afinal, existem momentos em nossas vidas que a reflexão é necessária. É preciso balancear tudo aquilo que não está nos fazendo bem; e em alguns casos, é preciso apertar o botão delete, antes que o resultado se torne um vulcão.
Foi o que fiz! Deletei da minha vida aquilo que já não me trazia sorrisos, apenas lágrimas. Não duvide, foi doloroso vê-lo sofrer, mas tomei esta decisão para o nosso bem.
Uma enxurrada de lembranças tomou conta da minha CPU. Memórias profundas e antigas. Percebi que minhas feridas ainda não haviam cicatrizado, e a partir daquele momento, passei a viver os piores dias da minha vida.
Conflitos de pensamento, lembranças, momentos, saudades... Tudo ao mesmo tempo, entretanto, momentos marcantes que jamais seriam vivenciados novamente. E quando tive a plena certeza de que ele, o de cabelos pretos sedosos, jamais retornaria, eu desabei!
Sim, eu chorei! Chorei muito... Precisava limpar a minha alma de toda amargura, tanta desilusão!
O tempo passou, conheci outros... Novas propostas, novos pensamentos, outras culturas, novos beijos, novas trocas de olhares, novos sorrisos, novos sonhos e novamente, novos desapontamentos, novas desilusões, novas marcas, novos ferimentos, novos sonhos rasgados e deixados à mercê, novas experiências... No entanto, novo alicerce, amadurecimento e recomeço!
Todas estes episódios, de certa forma, trouxeram uma nova visão e aprendizado, embora as consequências foram irreparáveis. Só eu sei o quanto eu amei na jornada de todos estes anos.
Só eu sei o quanto sofri calada, o quanto chorei durante as madrugadas com a aquele adeus.
Só eu sei o que o meu coração passou com todo esse mosaico de sensações: paixão, amor, conflito, desilusões e recomeços.
Só eu sei quantas vezes fui obrigada a recomeçar, mesmo lá no fundo, temendo falhar.
E ainda assim, diante desta tão sinuosa estrada, muitas feridas se tornaram grandes cicatrizes. Algumas bem profundas. E quando as olhos, hoje posso sorrir, pois através delas me tornei vitoriosa, são as marcas de todas as árduas batalhas que enfrentei no decorrer dos anos, mas que me qualificaram com condecorações de experiências, bagagens valiosas que tornarão futuramente o melhor alicerce para o meu sucesso.
Hoje, olho para trás e sigo em frente, pois a força Divina é maior do que minhas cicatrizes, é o bálsamo consolador, o meu refúgio, a minha fortaleza e me concederá forças para caminhar, enfrentar os novos desafios e me tornar vitoriosa!
E quanto a você, não se abale! As grandes vitórias são dádivas das grandes guerras!


Autoria: Merari Tavares
Imagem: 123RF
Desenvolvido por: Cantinho Kawaii | Base de Menu: Mundo Blogger | Cabeçalho: Elaine Gaspareto.